|    HISTÓRIA     |      PRODUTOS      |      RECEITAS          GALERIA DE FOTOS      | FALE CONOSCO     |

 

História

 

          Constam dos arquivos do Memorial do Imigrante , que CARLO NASTARI chega no Porto de Santos em 16/01/1888 no Vapor "Napoles", aos 24 anos de idade.

 

          O bairro da Vila Mariana foi o local escolhido para viver, e onde se encontram até hoje muitos descendentes da Família Nastari. 

 

          O Matadouro Municipal atrai mais imigrantes italianos - grande parte da província de Salerno - que se instalam nas ruas Rio Grande, França Pinto, Humberto I, Joaquim Távora, Álvaro Alvim e adjacências. A maioria torna-se comerciantes de MIÚDOS e passam a ser chamados de "tripeiros". 

 

          Os costumes italianos fazem do bairro um lugar de festas: bailes, encontros no largo da Vila Mariana, jogo de bocha e cartas e os inesquecíveis carnavais. 

 

          E assim a família se tornou tradicional no ramo de MIÚDOS, mantendo até hoje a BANCA NASTARI, no MERCADO MUNICIPAL PAULISTANO.

 

Vila Mariana: Matadouro, atualmente, Cinemateca Brasileira

 

Ana Torre e Carlo Nastari: imigrantes italianos que chegaram em 1888

 

 

DELIVERY 3228-4793

 Powered by: Detail